Celebridades que já tiveram ou possuem um Weimaraner: Grace Kelly (que herdou de seu irmão o cachorro como presente em seu casamento com o Príncipe Rainier III de Mônaco) e Dick Clark.
No ranking que analisaria a inteligência dos cachorros, feito por Stanley Coren, o Weimaraner está em vigésimo primeiro lugar;
O presidente norte-americano, Dwight D. Eisenhowe, tinha uma Weimaraner, Heidi, habitando com ele ao longo de sua estadia na Casa Branca;
Por causa da sua pelagem cinza e prateada, o Weimaraner também é denominado como “Fantasma Cinza”;
Graças a sua sagacidade, o Weimaraner ganhou a alcunha de “Cão com cérebro do ser humano”;
Acrescentando mais uma alcunha a sua grande lista, eles são também conhecidos como “Cães Velcro”, devido ao seu enorme amor pelos donos;
A raça foi desenvolvida pelo duque Karl August, na Alemanhã, nos anos 1800;
Cães muito ágeis, podem alcançar cinquenta e seis quilômetros por hora em uma corrida. Eles sem dúvida estão entre os cães mais rápidos do mundo, perdendo apenas para cachorros como o Greyhound, Whippet e Saluki;
O caçador Howard Knight, de Rhode Island, nos Estados Unidos, foi o primeiro a importar a espécie para o território norte americano;
Weimaraners de coloração azul, preta ou marrom são consideradas pelo parâmetro da raça faltas graves;
Um dos responsáveis por reestabelecer a popularidade do Weimaraner é o fotógrafo William Wegman, que dedica grande parte do seu trabalho para fotografar cães da raça, especialmente os seus. O seu primeiro Weimaraner, Man Ray, foi escolhido “Homem do Ano” em 1982 pelo “The Village Voice”, um jornal de Nova York. Após alguns anos da morte de Man Ray, o fotógrafo adquiriu mais um Weimaraner, Fay Ray. Os Weimaraners de Wegman também são da linhagem de Fay Ray, que faleceu em 1995;
Fay Ray surgiu no clipe da música “Blue Monday” do grupo “New Order”.

A Origem do Weimaraner

guia-weimaraner O Weimaraner é um cão muito antigo, havendo registros da espécie já no ano de 1600. A teoria mais admitida no que se refere à sua origem é de que ele provém de um Braco alemão antigo (não o moderno Braco Alemão de Pelo Reduzido) e inicialmente se encontrava unicamente nos canis dos duques de Saxônia-Weimar, dos quais adquiriu o nome.
Os Weimaraners foram gerados com o intuito de realizar várias categorias de caça, desde a esportiva até a caça de bichos de porte grande, como javalis e veados. Primeiramente, atuavam em matilhas, rastreando e acossando a presa, até a chegada do caçador.
Ao longo de várias décadas, a criação dos Weimaraners era limitada a regiões da Áustria e Alemanha e não existia “comércio” destes cachorros. Os produtores trocavam filhotinhos entre si a fim de fixar um padrão para a espécie que, a partir de 1890, foi submetida a uma criação planejada e regulada pelos registros na publicação de origem. Depois que o parâmetro da espécie foi registrado, os acasalmentos com outras espécies, especialmente o Pointer, passaram a ser evitados. Admite-se hoje que o Weimaraner seja, provavelmente, a raça mais antiga entre os cães de aponte germânicos.
Independente de ser um cão imensamente polivalente, o Weimaraner começou a difundir-se apenas depois da Segunda Guerra, no momento em que foi intensificada sua competitividade com o contemporâneo Braco Alemão, Kurzhaar. Nos EUA o Weimaraner foi inserido após os anos 1940 e chegou ao Brasil em 1952.

Aspectos Físicos do Cão da Espécie Weimaraner

O Weimaraner é uma espécie forte, veloz, de porte mediano a grande. Destaca-se entre as raças de caça e aponte por ter um excelente comportamento, instinto de caça e boa adestrabilidade. Mostra-se como um cachorro sagaz, decidido, firme, de faro muito apurado. É tido como um cachorro polivalente, resistente de temperamento e fácil de ser treinado. É tido inclusive como um ótimo cachorro sentinela, porém sem agressividade.
A raça Weimaraner possui um focinho longo, especialmente no caso dos machos, com trufa grande e um stop excessivamente leve. Os cães de pelo reduzido apresentam pelagem fina, lisa e sedosa. Já os cães de pelo extenso da raça Weimaraner podem possuir pelagem ligeiramente mais ondulosa, longa, com ou sem a presença de sub-pelos. A coloração da pelagem da raça Weimaraner é acinzentada, nas tonalidades prata, corça ou rato. Os olhos são arredondados, de coloração âmbar, claros ou pretos.
De grande porte, a altura de um cão adulto da raça Weimaraner fica entre os 59 e 70 cm, no caso dos machos. Já às fêmeas, a estatura mediana fica entre os cinquenta e sete e sessenta centímetros, mensurados sempre no nível da cernelha.

Temperamento do Weimaraner

temperamento-weimaraner O Weimaraner é um cachorro muito extrovertido e brincalhão. Forte e rústico como convém a um ótimo caçador, os Weimaraners são extremamente agarrados aos proprietários, a quem manifestam sua total doçura.
Como cachorros de companhia são asseados, agradáveis e carinhosos com as crianças. Por causa de sua origem de predador, os Weimaraners são cachorros profundamente bisbilhoteiros, que assimilam com bastante facilidade, inclusive o que não devem.
São cachorros de muita vitalidade e por isso carecem de espaço com o intuito de se desenvolver física e emocionalmente, do contrário, podem se transformar em cachorros imensamente problemáticos e destruidores. Por ter sido desenvolvido para a caça ao lado do homem e em tênue relação com ele, o Weimaraner não gosta de ficar sozinho por demasiado tempo.
Segundo o estudioso Stanley Coren, autor do livro ‘A Inteligência dos Cães’, o Weimaraner está em 21º lugar na tabela de inteligência ao trabalho. Outra característica atribuída à espécie é a desobediência, o que indica aos donos uma necessidade do Weimaraner ter um líder a quem acatar e, nesses casos, o adestramento de obediência é preciso para a boa convivência em família.

Benefícios de Ter um Weimaraner

Conhecido como o “Cão com cérebro humano”, o Weimaraner é um cão extremamente inteligente, muito dinâmico, cheio de vitalidade e que necessita de estar em frequente deslocamento. Ou seja, nada de esperar que este caçador e corredor “de origem” fique sentado no sofá sem fazer nada. É necessário que os tutores ofereçam a quantidade de atividades físicas necessária para que ele seja capaz de drenar energia.
Bastante meigos, cães desta raça são parceiros amoráveis, de simples convivência, bastante fiéis e que têm uma necessidade bastante grande de se conectar com a família e agradar o dono. Eles têm impressionante disposição para guarda, bem como para defesa, todavia sem hostilidade.
De tão agarrados aos tutores, é habitual perceber em cachorros da raça Weimaraner quadros de impaciência por separação. Caso esse lado carente não receba a devida atenção, determinados cães podem se tornar bastante destruidores e passarem a latir em excesso.
O Weimaraner é um cachorro de aponte, cujo objetivo é sinalizar a caça e futuramente pegá-la e devolvê-la para o caçador. Apesar dessa função inicial específica, devido a sua inteligência e mansuetude, ganhou várias outras funções, como cachorro farejador de drogas, salvamento e mesmo cão de companhia.

Distúrbios habituais do Weimaraner

De modo geral, o Weimaraner é um cachorro saudável com poucos problemas clínicos, ainda assim, existem determinadas enfermidades que são diagnosticadas com maior frequência nessa espécie, como a seborreia ressecada que causa descamação da pele. As razões mais populares são deficiência hormonal e/ou alimentar. O pelo fica “branco” e sem vida. O tratamento deve ser feito à base de medicamentos particularmente receitados pelo médico-veterinário. Outro problema comum é a piodermite que é a falha nos pelos ocasionada por irritação e/ou sensibilidade a produtos químicos.
Por ter orelhas tombadas, o Weimaraner pode vir a ter infecções de ouvido. Não com frequência, mas também pode ser afetado por displasia de quadril, torção de estômago, entrópio, distúrbio da terceira pálpebra e criptorquidia.

Como tratar de um Weimaraner

O Weimaraner é imensamente dinâmico, isto faz com que precise de atividades físicas, corrida ou um extenso passeio diário. Cada vez que possível, oferecer outros modelos de atividades, como por exemplo, trilhas e corridas para este predador por natureza.
Seu pelo não requer cuidados típicos, uma só escovação esporádica a fim de acabar com os pelos soltos e manter o brilho. Aconselha-se também limpar bem as orelhas com a finalidade de evitar qualquer tipo de inflamação.
Cuidados básicos devem ser mantidos, como manter as unhas aparadas, escovação dentária diária, banhos regulares e alimentação de qualidade.

Os Filhotes do pet Weimaraner

Desde muito jovem o Weimaraner já demonstra enorme energia e disposição. Os filhotinhos têm necessidade de espaço para executar suas brincadeiras prevenindo, assim, os problemas com a destruição de pertences “proibidos”.
É muito aconselhável que desde cedo cães desta raça participem de treinamento de obediência e que pratiquem atividades físicas frequentes.

Weimaraner – Tudo Sobre
Avalie esta postagem
Weimaraner – Tudo Sobre

Post navigation


Deixe uma resposta