Da classe dos Terriers, o Schnauzer (acredite se quiser) foi originalmente originado como caçador de ratos na Alemanha do século XIV.
Alertas e astutos, foram usados como carregadores de mantimentos da Cruz Vermelha durante a 1ª Guerra Mundial.
Aquele cheirinho de “cachorro molhado” (muito desgradável) vem do constante contato da língua com a barbinha dele.

Origem e História do Magnífico Pet Schnauzer

guia-schnauzer Oriundo das terras Alemãs, o Schnauzer Standard foi a matriz para as duas outras diversidades da raça (Miniatura e Gigante). Em concordância com uma teoria colocada no The Complete Dog Book, a raça, na realidade, poderia ter como princípio os Pinschers e seriam, inicialmente, conhecidos como Pinschers de Pelo Endurecido.
Há também uma grande controvérsia que envolve o próprio termo Schnauzer, que certas correntes defendem que seja uma expressão britânica e não germânica. De qualquer forma, o termo foi aceito oficialmente no ano de 1907, com a criação do Bavarian Schnauzer-Klub, na cidade de Munique. O primeiro parâmetro da espécie, desenvolvido pelos alemães, levava em conta a atuação dos chamados “Pinschers”, que eram vistos em toda a Alemanha e exercendo uma enorme diversidade de funções.
Apesar de ser a “sede” das outras raças, o Schnauzer Standard perdeu terreno para os cães pequenos após a Segunda Guerra Mundial, na ocasião em que esses passaram a superar seus ancestrais em número de registros.

Características do corpo do Schnauzer

O Schnauzer é um cachorro de porte médio, estrutura quadrada e os machos parecem relativamente mais curtos que as cadelas. Seu caráter bonachão revela-se no desejo de se divertir e na disposição amorável que tem com a criançada. É um cachorro bastante meigo com todos os familiares, contudo receoso com estranhos e não faz amizade com naturalidade. Na ausência do dono é incorruptível.
Os órgãos sensoriais da raça Schnauzer são profundamente desenvolvidos. É seguro, tem grande boa vontade ao treinamento, é extraordinariamente leal e afetuoso. Tem grande resistência a enfermidades e intempéries. Os olhos são pretos e ovais. A cauda alta, levada consoante o comportamento da espécie. Sua pelagem é dura, o pelo é firme e condensado.
A principal característica da pelagem dos cães dessa espécie é o pelo em forma de barba dura e sobrancelhas espinhosas que sombreiam levemente os olhos. Na fronte e nas orelhas, o pelo dos cachorros da raça Schnauzer é mais curto que em qualquer outra parte do corpo e é duro sobre toda a cabeça.

Estrutura Psicológica da raça Schnauzer

Os Schnauzers têm temperamento alerta e são leais ao seu dono. À medida que o Miniatura é bastante apreciado como cachorro de acompanhamento, o Stantard – em função do seu porte – pode executar, realmente, as funções de cão de guarda.
Imensamente esforçado aos donos, o Schnauzer é um cachorro de personalidade forte e demasiada energia, que carece de um proprietário experiente. Apesar de não exigir tanto a presença física de seu dono, se pode concluir que é um cão que estará a todo o momento próximo.
Vivaz, resistente e muito aventureiro, o Schnauzer não é um cachorro que ladra excessivamente. Na publicação “A Inteligência dos Cães” de Stanley Coren, o Schnauzer Standard acha-se na décima oitava posição no ranking geral de inteligência para o trabalho e é eficaz para executar uma ampla variedade de atividades, como as de cachorros farejadores, pastores e até a função de busca e resgate de vítimas.
Menos ativo e latidor do que a versão Miniatura, o Schnauzer Standard é ainda por cima um cachorro atlético e bastante firme, podendo acompanhar seu dono em toda atividade. Por causa do seu instinto instinto de guarda, necessita de ser socializado desde muito novo para que não se torne um cão violento.
Com crianças, até por seu porte maior, deverá ser mais condescendente. Por sua força, rapidez e capacidade de assimilação, numerosos Schnauzers destacam-se na atividade do agility, esporte que é capaz de contribuir para estabelecer um melhor controle pelo dono.
Os Schnauzer Standard só apresentam duas variações de cores: o habitual sal e pimenta, a coloração mais comum, e o preto, que é mais raro.

A Superioridade da Raça Schnauzer

Além de inteligente, o Schnauzer inclusive costuma ser um cachorro atlético. Não chega a ser um espécime que, obrigatoriamente, vai ter necessidade de uma grande quantidade de atividade física durante o dia para conseguir manter-se com boa saúde, mas ele gosta de uma boa caminhada e de uma corrida algumas vezes.
Como é um cão que geralmente é muito vigilante, ele é atento e sabe usar isto a seu proveito no que se refere a cuidar do seu espaço e do ambiente de seus familiares. Devido a isso é um cão bastante interessante para manter em residências, por exemplo, visto que ele sempre irá advertir no momento em que algo estiver acontecendo de errado.

Enfermidades normais do Schnauzer

Os problemas mais populares à espécie são a Atrofia Contínua da Retina, que pode causar perda completa de visão; inflamações urinárias e renais – os sintomas mais populares são uma elevada frequência de urina e o surgimento de sangue na urina. Existem vários casos de cachorros que desenvolvem pedras nos rins. Pancreatite – aparentemente ligado ao fato de os Schnauzers Miniatura possuírem alto teor de gordura no sangue. Os sintomas mais comuns são o vômito e a diarreia. Alguns apresentam inclusive fortes dores abdominais, ocasionando letargia e depressão.
Existem casos registrados de Síndrome de Cushing – as cadelas são mais propícias do que os machos e os sintomas são crescimento da ingestão d’água, urina e ganho de peso. Hipotireoidismo – geneticamente obtida, afeta o metabolismo ocasionando depressão, aumento de peso e queda de pelo.
Os Schnauzers são capazes de apresentar, ainda, determinados problemas de pele, possivelmente relacionados à alergia ou à ausência de proteínas da ração.

Como Cuidar de um Schnauzer

Com o corpo repleto de pelos, os proprietários necessitam de ter um pouco de prudência. Não irá ser necessário fazer com que o animal passe pelo processo de escovação muito constantemente, mas é extremamente recomendado que ele seja penteado algumas vezes durante o mês para que não ocorra nenhum tipo de nó. Além disso, no caso dos que têm pelos mais claros, é significativo comprar alguns produtos próprios a fim de manter a pelagem sem as manchas que surgem no decorrer da vida.
Como a pelagem é bem característica, necessita de ser banhada mensalmente com um xampú adequado para cães, já que costumam sofrer de alergias na pele. Ainda é essencial escová-los a cada semana para que pareçam bem melhor.
Assim como outra espécie, a alimentação deverá ser fornecida segundo a fase em que o cachorro se encontre, controlando sempre a ingestão de alimentos com a prática física com o intuito de manter o cachorro com ótima saúde.
Não importa se tem a espécie pequena ou a grande, o Schnauzer é dinâmico por ele próprio, e necessita de uma porção de exercício diário, caminhar, brincar ou interagir com outras espécies num parque de cachorros, por exemplo.
Recorde-se de levar o cachorro ao médico-veterinário duas vezes ao ano para fazer uma inspeção da sua condição geral de saúde.

Os Filhotes do pet Schnauzer

filhotes-schnauzer O filhote nasce com a pelagem escurecida, entretanto pode-se verificar a futura coloração depois do exame do subpelo. Se for claro, é um sal e pimenta e clareará até alcançar a pigmentação definitiva em torno dos oito meses, se for escuro, um preto e prata se tiver as marcações características. O filhote deve ter o corpo quadrado, os olhos escuros e o nariz precisa ser escuro. O corte da cauda necessita de ser executado na primeira semana de vida. O novo critério estabelecido pelo Clube Alemão da espécie, coibe a amputação de rabos e orelhas.
Em razão de serem cachorros demasiadamente ativos e sagazes, é bem importante que o dono se imponha desde cedo e corrija de imediato os comportamentos indevidos, como fazer barulhos em demasia e morder. Aulas de obediência podem ser bastante proveitosas, principalmente considerando sua capacidade de assimilar rapidamente.
Se tratando de manutenção, os Schnauzer Standards necessitam, como o Gigante e o Miniatura – de tosas esporádicas para que preservem limpa e saudável a sua pelagem e escovação a cada semana. Não costuma perder pelo e nem possui cheiro forte.

Schnauzer – Conheça mais sobre
Avalie esta postagem
Schnauzer – Conheça mais sobre

Post navigation


Deixe uma resposta