Categoria: Curiosidades sobre Cães

Veja a respeito do costume territorialista dos cães

Veja a respeito do costume territorialista dos cães

Cachorros que buscam conservar os indivíduos ou outros cães distanciados do seu patrimônio têm o costume de fazer isto porque estão preocupados com que esses homens e bichos são capazes de fazer contra eles ou sua família. Os cachorros territorialistas, em certas ocasiões, suspeitam de estranhos e podem continuar escondidos, ou ficarem próximos de um portão para atacarem na ocasião em que um ameaçador desconhecido ou outro cachorro transitarem bem próximo.

Por qual motivo os cães ficam de guarda?

comportamento-do-cachorro Um cão que não tem temor de algum humano ou de outros cães não necessita manter essas pessoas e bichos distante da casa, jardim ou território que considera dele. Na grande maioria das ocasiões, cães instáveis e acanhados fazem isso. Existe, ainda, um elemento genético com cães de algumas raças que são mais predispostos a serem territorialistas do que outros espécimes, ou manifestam o temperamento mais violento.
As raças que tendem a ser territorialistas são as que foram geradas como cães de vigilância (diferentes raças foram escolhidas para defender coisas diferentes, como indivíduos, pertences ou bandos). Algumas outras raças foram selecionadas pela reação e seu estado emocional e são mais propensas a utilizar a agressão quando têm medo, como certos Terriers, e, possivelmente, irão ser mais assustadores do que outros cães, como de espécies do campo.
Já os cachorros que são encorajados a proteger a casa ou identificar intrusos poderão ser bem mais predispostos a manifestar agressão. Como por exemplo, os cães que são estimulados por seus proprietários a perseguir gatos no quintal possuem mais chances de se tornarem uma ameaça e são capazes de ser bastante hostis caso capturem o bichano.

Como proceder quando o cachorro é territorialista

cachorro-territorialista Bem como nós, os cachorros possuem um forte senso de território e eles são muito mais predispostos a ser agressivos no momento em que alguém ou algo tentar atravessar o que o cão considera seu limite territorial.
Se o seu cão é territorialmente ofensivo com os outros, é bem melhor tratar o espécime como se ele houvesse um problema associado com o temor, mesmo se você não constata esse sentimento no seu amigo de quatro patas.
Do ponto de vista de um cão territorial, os carteiros, entregadores de encomendas, entre outros indivíduos que passam pelo portão da casa dele estão ameaçando seu território e sua família. Por causa disso, o bicho fará de tudo a fim de manter estas pessoas, tal como outros espécimes, isolados, mesmo que para isso necessite utilizar da agressão.
Em determinados países, os proprietários de cachorros possuem a obrigação por lei de oferecer um acesso protegido para os seus imóveis para os entregadores de cartas. Ainda que por aqui não exista lei que trate do assunto, também é primordial que todos os donos de cães territorialistas tomem cuidado a fim de evitar qualquer incidente com indivíduos que realizam entregas em suas moradias, para evitar infortúnios. Para tal fim, é essencial assegurar-se de que as portas não estejam abertas e que o cachorro esteja preso.
Se o seu cão é territorialista e ofensivo, procure orientação profissional para solucionar o problema.

Você sabia disso a respeito de cachorro para criança?

Você sabia disso a respeito de cachorro para criança?

Um ótimo cachorro para criança conta com um temperamento calmo, é dócil e se encaixa bem às residências com bastante movimento. As espécies mais aconselhadas de cachorros para crianças são Labrador, Golden Retriever, Beagle e Collie. Estes são os cães mais usuais. Já o Buldogue Francês é uma impressionante espécie de cachorro para crianças grandes, já que eles são capazes de ser relativamente estúpidos em suas brincadeiras. Existem outras raças calmas, gentis e amigas, porém elas exigem muita atenção, então a família deve estar ciente de que terá que dar atenção tanto para o cão quanto para a criança.
Entretanto, escolher a mais apropriada espécie de cachorro para crianças pode ser bastante difícil de recomendar. Por qual motivo? Porque os cães são indivíduos singulares. A espécie não possui um comportamento universal padrão, bem como os indivíduos.
É mais adequado você pensar na personalidade de um cão para crianças do que na melhor espécie de um cachorro para crianças. Caso você preste atenção no comportamento, e não na raça, pode achar um vira-lata magnífico pra adoção, que será um bom cachorro para criança por ser companheiro nas diversões e na parceria.

Comportamento de um ótimo cachorro para criança

cachorro-para-crianca Além das propriedades biológicas do bicho, a maneira com que ele foi originado também define se ele será um bom cachorro para criança. Por esse motivo, é necessário interagir o cachorro para que ele conviva bem com bebês e crianças de inúmeras idades.
O cachorro para criança ideal é aquele que não se irrita tranquilamente, é paciente e se diverte passando horas brincando e vivendo com o seu pequeno dono. Essa interação, que é ótima para ambos, fortalece a saúde das crianças, suas habilidades de leitura, seu desenvolvimento cognitivo e seu senso de responsabilidade.
Convenientemente por estar ligado a fatores comportamentais, genéticos e ainda predisposições é que determinadas raças de cachorro são mais sugeridas do que outras como animais de estimação em casas com crianças e recém-nascidos. Converse com amigos, conhecidos, proprietários das raças que você mais gosta, veterinários e produtores para selecionar a espécie de cachorro para criança mais sugerida para a sua família.
Como exibido em livros e filmes que evidenciam a interação entre crianças e cachorros, o laço entre uma criança e seu cachorro pode ser um dos mais fortes na vida de um ser humano. Para ter um convívio ideal, além do temperamento do cão, a obediência e as atividades físicas são elementos importantes. Similarmente, a criança deverá ser instruída para obedecer os limites e as necessidades do cachorro. Em geral, nenhum cachorro, independentemente da raça, deve relacionar-se com uma criança sem monitoramento.

10 Raças de cachorros para crianças

1. BULLDOG INGLÊS

A espécie Buldogue Inglês possui um comportamento dócil, o que faz este tipo de cão ser um excelente cachorro para criança. É um cão companheiro, que vive de maneira harmoniosa com seus pequenos proprietários, seja no lar ou em apartamento. Apesar de ter um nível mínimo de energia, eles são arteiros.
A raça Buldogue Inglês exige muita disciplina, especialmente no convívio com crianças, visto que os cães são, decerto, protetores e podem ser estúpidos. Deste jeito, é imprescindível que eles sejam acostumados com novas pessoas e instruídos a obedecer os comandos dos proprietários, desde filhotinhos.
Essa espécie não é somente fascinante para as crianças, entretanto para os adultos inclusive.

2. BEAGLE

cachorro-beagle Se você procura um cachorro para criança que tenha comportamento empolgado e travesso, o Beagle possui a tendência de ser uma boa alternativa. A raça não dispensa ótimas brincadeiras e passeios e é capaz de se tornar uma companhia excelente para suas crianças.
Vale ressaltar que, além de defensora, essa espécie é muito ativa e não se dá bem sozinha por longos períodos de tempo. Por consequência, ela é uma raça de cachorro para crianças que passam bastante tempo em casa ou para famílias que possuam mais de uma criança.

3. BULL TERRIER

O Bull Terrier é um bom cachorro para criança, desde que a disciplina e os limites sejam evidenciados pelos donos e ele receba atividades físicas diariamente. Por serem animais resistentes, cães da raça Bull Terrier não são recomendados para crianças muito pequenas, entretanto tendem a se dar bem com as mais maduras. No geral, além de sagaz, cordial e tranquila, a espécie inclusive é paciente com crianças e aguenta as brincadeiras infantis. Nesse caso, o alto nível energético é um fator positivo da espécie, principalmente quando se considera que ela aguenta inúmeras horas de diversões sem se cansar.
Cachorros desta espécie são resistentes e precisam de muita disciplina. Como para qualquer bicho de qualquer espécie, analise as propriedades de seus familiares e dialogue com o seu criador e veterinário para olhar qual é a melhor espécie de cão para sua criança.

4. COLLIE

É bastante comum relacionar o Collie à personagem Lassie. E não é para menos, esta espécie de cachorro, tal como na história do filme, é apegada e meiga com seus familiares. Por ser uma espécie de pastoreio, o Collie lida bem com treinos, ordens, tarefas e, é claro, brincadeiras. É uma espécie ideal de cachorros para crianças, visto que pode ser um incentivo positivo ao comportamento dos pequenos donos, pois poderá educar princípios de responsabilidade e amor.

5. POODLE

De uma maneira geral, os Poodles são uma ótima sugestão de cachorro para crianças, com exceção só para as versões toy que são mais delicadas e não recomendáveis para os pequeninos. Os exemplares desta espécie são gentis, inteligentes, dinâmicos e amam se divertir. Além de tudo, são capazes de ser uma ótima parceria às crianças que sofrem com alergias, pois o Poodle não solta pelo.

6. LABRADOR RETRIEVER

Os Labradores são uma das raças mais afamadas em razão de serem uma das opções mais frequentes de cachorro para criança. Indicado para todo tipo de idade, os Labradores são protetores, sagazes, leais, ativos e de fato fascinados por seus proprietários. Além disso, a espécie ama brincar e é muito predisposta a aprender novos comandos.
Vale observar que proprietários interessados em cachorros dessa espécie têm que reforçar a disciplina e a exercitação física diária. Cachorros que não praticam o nível de exercício diário sugerido são capazes de ganhar peso, além de direcionar a sua energia a atitudes desagradáveis, como latir e morder. Os Labradores são famosos por roer e se divertir com muitos itens vedados da residência. Portanto, carecem de exercícios, estímulos mentais e brinquedos.

7. GOLDEN RETRIEVER

Assim como os seus primos Labradores, os Golden Retrievers são sociáveis, trabalhadores, inteligentes e condescendentes. O alto grau energético e a inteligência da raça torna o Golden um dos melhores cachorros para criança, principalmente para aquelas que amam passatempos com água, dado que os Goldens são uma das espécies que amam água.
O Golden Retriever é uma espécie que precisa conviver em matilha. Por conseguinte, ele é ideal para famílias dinâmicas e que passam muito tempo em casa.

8. PUG

Por ser pequeno, não latir e não ter necessidade de inúmeros exercícios físicos, o Pug é uma raça ideal para apartamentos. Na ocasião em que educado e socializado a conviver com os pequenos, o Pug também acaba por se tornar um excelente cachorro para criança.

9. SHIH TZU

O que faz o Shih Tzu um cão perfeito para crianças é o fato dele ser afável, afetuoso e altamente flexível. Ele não unicamente se dá bem com crianças e novos humanos, entretanto possui a tendência de conviver harmoniosamente com outros bichos.
Pessoas que optam por ser proprietários de Shih Tzu precisam instruir as suas crianças em relação a debilidade da raça. Cães dessa espécie são regularmente feridos por crianças que adoram brincar de forma bruta.

10. VIRA-LATA

Além das raças mencionadas anteriormente, o vira-lata é uma das escolhas prediletas e se tornam ótimos cachorros para crianças. Na ocasião em que socializados para coabitar com crianças, estes cachorros são ótimos companheiros, acompanhando os seus pequenos proprietários na hora de brincar, ver televisão e até adormecer.

Como escolher um cachorro para criança

A incerteza de vários pais é sempre a mesma: qual a raça ideal de cachorro para criança? A verdade é que todos os cachorros são capazes de ser excelentes companhias para as crianças. Porém pode acontecer de certos, que parecem ser totalmente indicados, não gostarem muito do convívio com os pequenos. Tudo varia dependendo do modo que o cachorro é criado e seu temperamento. Porém, podemos selecionar espécies que possuam características que são convenientes para um ótimo relacionamento e tornam-se magnânimos cachorros para crianças. Porém recorde-se: qualquer raça precisará de treino por parte dos proprietários para excelente comportamento. Caso você não esteja disposto a educar seu cachorro é mais adequado que não tenha um, dado que um cachorro para criança, sem educação, tende a fazer coisas erradas e detestáveis, o que acaba fazendo seu proprietário abandonar o bicho. O abandono de cães é algo muito grave com um índice que só cresce nas estatísticas.

Cuidados a mais para cachorros com crianças

Por mais aprazível que a raça seja e por melhor que o cão demonstre ser, jamais se deve deixar a criança se divertir com o cachorro sem supervisão de um adulto quando, principalmente se a criança for bastante pequena. Acidentes acontecem e você deve recordar que o cachorro não é uma babá, somente uma parceria.
A criança jamais deve ser responsabilizada pelos cuidados dos cachorros. Os pais devem assumir tal tarefa. O que pode e sugere-se ser feito é deixar a criança participar e auxiliar nos cuidados para, assim, ter noções de disciplina e responsabilidade, contudo não tomar para si o dever.