post

O desmame para cachorros filhotinhos pode vir a acontecer com 6 ou 7 semanas, nessa fase eles ainda estão aprendendo habilidades fundamentais e sua mãe, gradualmente, os deixa sozinhos por um longo tempo. Os filhotes que ficam com a ninhada ao longo de pelo menos 3 meses são mais propensos a desenvolver boas habilidades sociais, porque uns atuam como modelos para os outros.
Na ocasião em que os cães são separados de seus companheiros de ninhada bastante cedo, eles, em certas ocasiões, não conseguem desenvolver competências sociais fundamentais, como emitir e receber sinais, o processo de hierarquia (quem é responsável), que pressão de boca é admissível (mordida inibida), e assim por diante. O jogo e as brincadeiras são bastante importantes para cachorros, pois ampliam a destreza, a interação social e os auxiliam a saber seus limites.
Por meio destas interações com a mãe e parceiros de ninhada, os cachorros percebem o que é ser um cão. Durante as primeiras oito semanas de vida, as habilidades não adquiridas podem ser perdidas eternamente.
A maioria dos cachorros é considerada filhote até dois anos de idade, mesmo que o comportamento infantil possa acabar mais cedo ou futuramente em algumas raças. Os estágios listados embaixo são fundamentais e muito constantes. Em contrapartida, os cachorros estão capacitados a entender novos ensinamentos e a treinamentos bem além da etapa de filhotinho.

Estágios de desenvolvimento dos filhotinhos:

O estágio neonatal:

Nascimento a duas semanas

Guia Cachorros Desenvolvimento Animais de Estimação Cães Curiosidades sobre Cães  filhotes desmamar   Os sentidos do toque e do gosto estão de imediato presentes depois do nascimento. A mãe tem a maior influência sobre o cãozinho.

O período de transição:

2 a 4 semanas

A mãe e os companheiros de ninhada persistem a motivar o costume do cãozinho. O sentido de audição e faro se desenvolvem, os olhos começam a abrir e os dentes começam a aparecer. Um cachorrinho começa a ficar de pé, anda um pouco, abaixa a cauda e late. A visão de um filhotinho está bem desenvolvida pela quarta ou quinta semana.

O período de socialização:

três a doze semanas

Um cachorro carece de momentos para ver outros animais de estimação e homens durante esta fase. De três a cinco semanas, o jogo se torna primordial à medida que um cachorrinho se torna ciente dos seus arredores, companheiros (homens e cães) e amizades. A influência dos irmãos do filhotinho expande entre 4 e 6 semanas, visto que ele ou ela compreende mais sobre o fato de ser um cão.
De 4 a 12 semanas, a relação do cachorro com todo mundo torna-se mais estimulante. Com os parceiros de ninhada o cachorrinho aprende a jogar, brincar, desenvolve habilidades de socialização, aprende a mordida inibida, explora seus limites sociais e hierarquia e aperfeiçoa sua coordenação motora. De 5 a sete semanas, um cachorrinho carece de interação humana positiva, pois ele ou ela desenvolve curiosidade e explora novas experiências.
Um filhote tem amplo uso de seus sentidos por sete a nove semanas. Nesta etapa ele está refinando sua coordenação e aptidão física e é capaz de iniciar a ser ensinado.

Entre oito e 10 semanas, um cachorrinho pode experimentar um medo real envolvendo objetos e experiências cotidianas. Ao longo desse estágio, um cão precisa de acompanhamento e reforço positivo.
Aumentar as respostas, avançar as aptidões sociais com parceiros de ninhada (contato apropriado), investigar o entorno e os itens acontece de 9 a 12 semanas. Esse é um ótimo momento para dar início ao treino elementar, uma vez que um cachorro começará a se concentrar mais nas pessoas.

O estágio de classificação:

três a 6 meses

Ranking (liderança e dominação) dentro do aglomerado familiar ou “pacote”, incluindo indivíduos, é observado e empregado por um cachorro nessa etapa.
Um grupo de filhotes de cães, que agora pode adicionar os de outras raças, torna-se importante na vida dele. Começam a dentição e mastigação.
Um cão experimenta outro momento de medo aos 4 meses de idade, consequentemente se apronte com reforço positivo e demonstrações de utensílios e situações.

O estágio da adolescência:

6 a dezoito meses

Um filhote de cão pode enfrentar as pessoas como parte da exploração de sua autoridade. Aos sete a nove meses, um filhote começará a sondar mais seu território, propiciando uma outra etapa de mastigação. Um cachorro irá experimentar o início do temperamento sexual, se não esterilizados ou castrados.
Uma parte básica da socialização de um filhote é baseada na atitude de sua mãe – relaxada ou esquisita – com relação às pessoas. A forma como você interage com seu novo cãozinho também pode desempenhar um papel primordial no desenvolvimento do pet. Brincar, acariciar e dialogar com seu cão é eficiente para auxiliar o nanico a desenvolver as aptidões para ser um excelente membro da família.

Deixe uma resposta